Micropigmentação

O que é?
‏Um processo definitivo de implantação de pigmentos na epiderme, realizados com um dermógrafo com agulhas próprias para o procedimento, que disfarça, camufla e/ou maquilha de acordo com o efeito desejado.

‏A solução ideal para homens e mulheres que sofram de alopécia, causada por tratamentos de quimioterapia, stress, etc.

‏Em que situações é utilizada?

  • Auréola malária – reconstrução cosmética da auréola mamária em pacientes de cancro da mama, assim como camuflagem de manchas e marcas de cicatrizes cirúrgicas. A micropigmentação da aréola da mama, tem como objetivo obter a simetria da aréola, deixando-a com a mesma tonalidade.
  • Couro cabeludo – com este processo disfarçamos e camuflamos a calvície. Fica com um aspecto muito natural, e é imperceptível no dia-a-dia.
  • Cobrir acromias como o Vitiligo, uma doença cutânea que causa a perda gradativa da pigmentação da pele, geralmente com o surgimento de manchas em todo o corpo, que pode afetar seriamente a auto-estima. A Micropigmentação garante camuflar as áreas afectadas.
  • Sobrancelhas – A solução ideal para quem tem pouco ou nenhum pelo. Permite ainda corrigir falhas de pelo, redesenhar ou engrossar as sobrancelhas.
  • Eye-Liner – delinear o contorno dos olhos para que esteja sempre maquilhada
  • Lábios – tem a finalidade de contornar, preencher e dar cor aos lábios, permite corrigir cicatrizes ao redor da boca, Ideal para quem tem lábios finos ou quer disfarçar os sinais de envelhecimento.

Como Ficará a Cor?
‏Devido ao processo de cicatrização,a cor resultante da micropigmentação é um pouco mais escura do que o resultado final. Após um período de aproximadamente 30 dias, a cor irá clarear e permanecer no tom adequado à cor do pelo e da pele da cliente.

‏Qualquer um Pode Fazer a Micropigmentação?
‏Apesar de ser um procedimento muito simples e seguro, existem algumas restrições. É recomendado que pessoas que possuem algum tipo de alergia ou sensibilidade maior a pigmentos ou a qualquer material utilizado durante a micropigmentação não a realizem.

‏Além disso, pessoas com tendência a formar queloides (cicatrização exagerada na pele) ou que estão sob alguns tratamentos médicos devem ter maior cuidado. Nesses casos específicos, uma avaliação prévia e autorização por um médico podem ser necessárias.

Retoque, o que é?
‏Hoje já contamos com pigmentos que dispensam o retoque. No entanto, há casos em que no processo de cicatrização fica uma falha na absorção do pigmento, neste caso é necessário que entre 25 a 40 dias no máximo, a cliente retorne.

Pós-micropigmentação:
‏Cuidado com a exposição ao sol durante 30 dias.
‏Evite utilizar cremes compostos de ácidos sobre o local.
‏Faça o retoque entre 25 a 40 dias
‏Não frequente piscina ou mar nos primeiros sete dias.