top of page

A Lua interfere com o crescimento do cabelo?




Ora, quando fazemos uma pesquisa encontramos um pouco de tudo, desde astrólogos a dizer sim, a blogs a dizer não.

Então em que ficamos?...

Perguntinha complicada 🥺


Há 3 factos cientificamente correctos: a lua influencia a vida em tempo, ideias e luz. Para muitos animais, especialmente pássaros, a Lua é essencial à migração e navegação. Hà outras espécies que usam os ciclos lunares para cronometrar a reprodução, e coincidir com fases específicas do ciclo lunar.

As marés são um dos efeitos mais conhecidos da influência da Lua sob a Terra.

Um minuto estamos acima da água na costa, no minuto seguinte somos atingido por ondas ou ficamos submersos. Está provado que a desova em massa nos corais na Grande Barreira de Corais é desencadeada pela Lua.



Podíamos continuar por aqui fora a falar de como outros animais e plantas reagem ao luar, mas vamos lá voltar a falar de cabelos e os seus mitos.


Este é sem duvida um dos maiores.

Há quem garanta que cortar o cabelo na lua crescente faz o cabelo crescer mais depressa, outros defendem que a lua cheia ajuda a dar mais densidade ou volume, ou ainda que a lua nova fortalece a raíz e a minguante, enfraquece o couro cabeludo.


A relação entre ser-humano / cabelo e fases da lua, existe desde os nossos antepassados.

A força gravitacional exercida pela lua sobre a Terra ajuda à crença, sem contar com inúmeras culturas, folclore, lendas, histórias e mitos. Diria que é algo que se tornou intrínseco no que diz respeito a crenças na nossa sociedade como sendo algo mágico, com poder até nas emoções.


Fomos pesquisar, e....

No caso em particular dos cabelos versus as fases da Lua, e respondendo à questão, a diferença que a força gravitacional da lua exerce no cabelo, ou até mesmo sobre a circulação sanguínea no couro cabeludo, é tão infimamente pequena, que a torna impossível de mensurar. O que nos leva a dizer que, para todos os fins práticos, o resultado é zero. Não influencia!

Respeitamos e damos o devido espaço para o acreditar. Lá diz o ditado que "o querer e o acreditar é poder".

Cientificamente, a resposta é NÃO.


Bjs SaL!

P.S. Obrigada à minha Cherry Jô que me ajudou nesta pesquisa.




38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page